domingo, 9 de junho de 2013

JMPLA aposta no reforço da educação político-patriótica dos jovens




http://4.bp.blogspot.com/-7NvjzOtCNx0/UAKoFbOndTI/AAAAAAAANYI/-dM7t7NqNTw/s1600/angola.JPG

Fonte: Angop

Lubango - O primeiro secretário municipal da JMPLA (Juventude do MPLA) do Lubango, Victor Pacheco, considerou hoje, domingo, nesta cidade, pertinente o reforço da educação político-patriótica dos jovens angolanos, por forma a estarem mais capazes de interpretar convenientemente o contexto político e social que o país vive.

Em declarações à Angop, à margem do encerramento do curso político-básico promovido pela organização, o líder político manifestou por isso a necessidade de se levar ao seu conhecimento a realidade do país por meio de pessoas que viveram as principais etapas de crescimento de Angola.

Em sua opinião, com este conhecimento a juventude estará melhor preparada para dar sequência ao crescimento e bem-estar do povo angolano, porquanto é nas mãos da juventude onde se encontra a responsabilidade, por isso a próxima etapa do curso, a acontecer nos próximos 15 dias, abrangerá jovens de outras forças políticas.

“A próxima fase de formação abrange jovens em geral, independentemente da sua formação política porque actualmente consomem vários tipos de informação, mas desconhecem de facto a história real do país, discorrendo em actos alheios à cultura nacional, costumes e hábitos do povo”, explicou Victor Pacheco.

Por este motivo, esclareceu o líder juvenil, na segunda fase do curso serão abordados estes aspectos, também para se fortalcer os conhecimentos da juventude recém-ingressada na organização, daí trabalharem no sentido de promover frequentemente acçôes de capacitação dos seus dirigentes.

De acordo com o interlocutor, a segunda fase será extensiva também aos responsáveis de bairros atendendo ao crescimento da organização, actualmente estimado em 38 mil e 998 militantes repartidos por 544 núcleos em toda a extensão do município.

Acrescentou que, nesta altura, a direção da JMPLA vai organizar toda a documentação transmitida pelos preletores e partir para uma fase mais abrangente em termos de participantes, porquanto a terminada foi restrita dirigida apenas para os dirigentes de nível municipal, ou seja líderes dos secretariados dos comités comunais e bairros.
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Enviar um comentário